23
Abr

Uma vez Rosalba...


Sempre Rosalba. "Estou ao lado de Cláudia NA EXPECTATIVA positiva de que sua campanha seguirá em frente". Pra mim, disse tudo.

Comente!

Comentários - ( 0 )

Compartilhar

Postado às 17:43 horas

23
Abr

Canindé Maia


É um homem correto. Um amigo. Nunca foi politico, é um trabalhador e vencedor. Gente boa. Gosto dele .Por não votar em sua "candidata"(?) não devo injustiça-lo nem a ele, nem a ninguém que tenha o seu caráter e personalidade. 

Comente!

Comentários - ( 0 )

Compartilhar

Postado às 11:58 horas

23
Abr

Ora, essa!


Eu e o blog fomos agredidos. Não pelas pessoas respeitáveis, honradas, sensatas, lideradas por Cláudia Regina e, muito menos por ela, com quem estive recentemente, quando da apresentação da peça "Paixão de Cristo", nem pelo ex secretário da Comunicação, Julierme Torres, meu amigo pessoal, que me visitou aqui em casa, mas por uma meia dúzia de oportunistas, que está transformando esse grupamento político em uma seita fundamentalista. Tudo em troca do emprego que perderam. Se voce for, a qualquer evento do prefeito Silveira Junior, irá encontrar, em quase sua totalidade, pessoas que sempre seguiram Rosalba Ciarlini, pessoas lideradas pela ex prefeita Fafá Rosado, pessoas que apoiaram e votaram em Cláudia Regina. Silveira não é o responsável pela cassação, nem pelo afastamento de Cláudia. Na primeira - das doze cassações - ele VIAJOU, AUSENTOU-SE, para não ser notificado e, em assim, dá tempo a prefeita de então defender-se. E foi o que ocorreu! Esqueceram? Não temos orientações de campanha contra Cláudia Regina. ESTAMOS COMBATENDO E VAMOS GANHAR, NO VOTO, DOS VERDADEIROS RESPONSÁVEIS POR SUA CASSAÇÃO E AFASTAMENTO. Silveira foi ALIADO E AJUDOU, durante os 11 meses de administração, a hoje prefeita afastada.Essa é a verdade DOS FATOS! Silveira hoje conta com a grande maioria dos "rosalbistas", com a totalidade dos liderados de Fafá, da maioria dos que votaram em Cláudia Regina que eleita foi graças ao apoio dessas lideranças, as maiores de Mossoró.Não responsabilizamos Cláudia por esse comportamento. Recuso-me, terminantemente, a aceitar que ela tenha conhecimento ou incite esse tipo de patifaria. Nós sabemos, temos consciência, que Cláudia foi injustiçada e a única maneira de reparar, de corrigir, é derrotando quem a injustiçou. Cláudia não é candidata, não pode ser, sobrou a Silveira essa missão. Ele vai cumpri-la, nós, rosalbistas, fafaistas, claudistas (de verdade) vamos, já estamos ajudando-o. Não houve "traição", "abandono" coisa nenhuma. O voto precisa ser útil, ( Rosalba já alertou...) validado, o prefeito que vamos eleger em 04 de maio, precisa ter amplas, totais, irrestritas condições legais de ser empossado e esse prefeito será Silveira Junior, não Larissa Rosado que nós rosalbistas , fafaistas, claudistas e o povo, vamos derrotar outra vez! Quem viver, verá 

Comente!

Comentários - ( 1 )

Compartilhar

Postado às 10:03 horas

22
Abr

Genivan reúne-se com mototaxistas para discutir proposta de instalação de taxímetro


O vereador Genivan Vale (PROS) se reunirá na quinta-feira, 24, com representantes de mototaxistas para discutir o Projeto de Lei Nº 301/2014, que prevê a instalação de taxímetro nos veículos destinados ao serviço de mototáxi no município. O encontro será às 9h30, na Câmara Municipal de Mossoró (CMM) e visa esclarecer os objetivos da proposição. 
De acordo com Genivan Vale, autor do projeto, além de regularizar os valores cobrados pelo serviço de mototáxi, a matéria propõe que seja intensificada a fiscalização da Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) para combater a atuação dos chamados “clandestinos”.

“Propomos fazer um recadastramento dos mototáxis para regularizar a atuação da categoria”, informa Genivan. O edil enfatiza ainda que a colocação do taxímetro possibilitará que seja cobrado um preço fixo pelo serviço, beneficiando assim a população que utiliza esse meio de transporte.

“Desde quando apresentamos o projeto, nos dispusemos a conversar com a classe para aprofundar o debate sobre a matéria e aperfeiçoar a proposta. Não queremos prejudicar ninguém, mas não se pode aceitar a cobrança exagerada pelas corridas e a falta de fiscalização dos mototaxistas que atuam de forma irregular”, diz Genivan Vale. E complementa: “Nossa proposta tem o intuito de regulamentar a profissão do mototáxi e garantir que seja cobrado um preço justo pelo serviço", frisa o parlamentar.

Comente!

Comentários - ( 2 )

Compartilhar

Postado às 16:57 horas

22
Abr

Digam que é mentira


Que hoje eu conversei com uma fonte privilegiadíssima que me disse: " A governadora já tem muitos problemas a resolver, não quer adicionar problemas partidários... ela é do DEM... (...) vai subir no palanque? E o DEM, tem, nessa eleição suplementar? Nota do blog: Vale lembrar que 80% ou mais dos "rosalbistas, inclusive os detentores de mandato, já assumiram candidatura. Nos rebelamos todos contra a Rosalba? Para um bom entendedor...

Comente!

Comentários - ( 0 )

Compartilhar

Postado às 16:31 horas

22
Abr

Aos twitteiros


O blog, por conta própria, está concluindo a relação dos ex cargos comissionados, que hoje usam  a personagem de Cláudia para se fingirem de paladinos da Justiça. A lista é grande, salários bons, usufruídos em cargos que requerem a confiança  do gestor. Vou publicar, inclusive, fotos dos mesmos, para que se tornem visualmente conhecidos da população.

Comente!

Comentários - ( 0 )

Compartilhar

Postado às 15:08 horas

22
Abr

Desmascaramento


Ontem e madrugada de hoje "quebrei o pau", no twitter, com alguns que querem, porque querem, transformar Silveira Junior em inimigo potencial de Cláudia. Perdi meu tempo com uns. É que descobri que a maioria deles trabalhava na Prefeitura Municipal de Mossoró e foram exonerados, daí... o obvio, né? Aí me vem a inevitável pergunta: estão defendendo Cláudia ou o retorno de seus empregos? É impressionante como quase todos, a avassaladora maioria, está nessa situação; eram funcionários e foram demitidos. Não estão defendendo Cláudia, coisa nenhuma! Estão querendo é seus empregos e volta. Olha gente, eu tenho um contrato com a Prefeitura, desde o tempo da prefeita Fafá, Cláudia o manteve sem um centavo de  acréscimo- tenho o testemunho do ex Secretário da Comunicação, Julierme Torres. Silveira, que é meu amigo de muitos anos, assumiu. Mandou-me chamar. Disse-lhe que lhe daria cobertura em seus atos ADMINISTRATIVOS mas que continuaria a lutar pela volta de Cláudia.Respondeu-me que não havia problema, pois não considerava Cláudia sua adversária, mas aliada. O Contrato foi mantido e eu continuei a defender a volta de Cláudia. O blog tem registrado as datas da todas essas postagens. Nunca recebi uma reclamação, censura, nem pensar.Silveira nunca me pediu para fazer UMA postagem sequer contra Cláudia Regina e NENHUMA politicamente favorável a ele.O tempo foi passando, eu defendendo Cláudia, e ela perdendo todos os processos movidos contra ela pela DEPUTADA LARISSA ROSADO, NÃO  por SILVEIRA. Silveira jamais assinou um documento pela cassação de Claudia ou seu consequente afastamento.O tempo foi passando e Claudia perdendo todos os processos movidos contra ela pela DEPUTADA LARISSA e seu grupo político. Quem tirou Claudia da prefeitura FOI LARISSA ROSADO. Silveira tá fora disso Não estava entendo porque essa guerra nas redes sociais contra Silveira. Hoje descobri porque e por quem. Querem defender Cláudia? BATAM EM LARISSA QUE FOI quem a  tirou de lá. É que essa turminha não esta defendendo Cláudia coisa nenhuma, está defendendo a volta de seus empregos. Vou tentar, pesquisando no JOM, a relação dos exonerados, e PUBLICAR aqui e pedir para voces constatarem, nas redes sociais, se são, ou não, os mesmos que"defendem" Cláudia nessas redes.Quando a situação de Cláudia tornou-se - na minha opinão - irreversível optei, como a maioria dos mossoroenses - pelo visto nessa campanha, apoiar Silveira Júnior, não pela manutenção do meu contrato que está garantido, mas porque está fazendo uma excelente administração.Vou publicar, se conseguir e for legal, sim, a relação dos exonerados para voces verificarem como são os mesmo que "defendem" Cláudia e poupam LARISSA., nas redes sociais. Há exceções há, as centenas, decentes, honradas, respeitaveis. Vou publicar só a borra. Os falsos vestais e claudistas por interesses pecuniários pessoais. Estão de olho no dinheiro que recebiam todos os meses, alguns  sem trabalhar. Vamos em frente 

Comente!

Comentários - ( 5 )

Compartilhar

Postado às 02:01 horas

21
Abr

Boa companhia


O irmão da governadora, Clóvis Ciarlini, acompanhou todo o trajeto da movimentação, realizada por jovens, em prol da eleição do prefeito interino Silveira Junior, na noite de hoje. Em seu discurso, Silveira registrou e agradeceu, de público, a ilustre companhia. Perguntinha do blog: a rosa é amarela? Pode ser...

Comente!

Comentários - ( 0 )

Compartilhar

Postado às 22:50 horas

21
Abr

Debaixo da chuva


Que lavava os pecados do ontem, a verdade de Silveira Junior: " Não pedi a cassação de ninguém, não fui favorável a nenhuma cassação. Voce, simpatizante da prefeita cassada, não vote em quem provocou seu afastamento, não vote em quem a perseguiu. Durante os onze meses de sua administração, como Presidente da Câmara, a ajudei e tenho dela o próprio testemunho. É chegada a hora de se colocar um ponto final nesse estado de coisa. Mossoró precisa retorna à sua normalidade, readquirir sua estabilidade e caminhar, em paz, para o progresso, o desenvolvimento, a igualdade social"

Comente!

Comentários - ( 0 )

Compartilhar

Postado às 22:36 horas

21
Abr

Rosalba


Além das questões jurídicas mencionadas, de relance,  na postagem abaixo, claro que interpretou - como sempre -  o sentimento, o desejo de seu povo. Rosalba, líder maior e inconteste de Mossoró, detectou, como a maioria de seus irmãos mossoroenses, que as candidaturas de Cláudia e Larissa são engôdos, nocivos à Mossoró. Rosalba não é de temer, sabemos. Rosalba é de fazer acontecer a vontade do povo. De realizar, concretizar, e aonde quer se vá em Mossoró, o sentimento é um só, expresso sem reservas pois em alto e bom som: Mossoró não endossa, não afiança essas candidaturas. O povo de Mossoró, o mossoroense, não vai colocar a cidade que ama, em um tabuleiro de jogos ou marca-la em cartas de baralho, muito menos em uma roleta.Mossoró não é prêmio de loterias. Essas duas "candidaturas", digo, repito e reafirmo, aqui e alhures, que essas duas "candidaturas" constituem o maior atentado à responsabilidade que todos devemos ter por Mossoró. Venha Rosalba, venha reger o coro ou dele participar, mas venha! Mossoró, mais uma vez, precisa de voce e voce, como sempre, não haverá de nos faltar. "E viva todas as rosas... brancas, vermelhas e amarelas...", lembra-se?

Comente!

Comentários - ( 2 )

Compartilhar

Postado às 11:18 horas

21
Abr

Qual a cor da rosa?


Em busca de uma saída honrosa, depois de erradamente, estupidamente, equivocadamente, ignorantemente, e vários e vários "mentes", ter embarcado na barça furada (furada pra ser bonzinho), de Cláudia Regina, a governadora Rosalba, após a milésima consulta a sua equipe de juristas, após a centésima pesquisa de opinião, onde se vê a possibilidade da vaca ir pro brejo, resolveu... Digamos... Repensar o projeto político de seu grupo em Mossoró. 

Uma fonte segura me informou (e não venham me ligar desmentindo não, a fonte é segura mesmo, mesmo e tenho o direito de preserva-la), que a questão agora é resolver como será esse apoio a Francisco José Junior, já que existe um nó a ser desatado na questão, o Vice Governador dissidente Robson Faria. A dúvida é: será um apoio velado, ou um apoio mermo, mermo. 

As conversas avançam. Não estranhem se essa semana capítulos intrigantes dessa celeuma estourem na cidade e movimentem o já tão movimentado pleito suplementar de 4 de maio em Mossoró.

Ache ruim quem achar. Rosalbista de carteirinha, desde que mundo é mundo, participante ativo do início de sua carreira política, desde dos tempos da Fitema, berço de sua trajetória, acredito ser esse o caminho mais digno à sua história já tão maculada pela tenebrosa passagem pelo Governo do Estado.

E vivam todas as rosas, rosas de todas as cores!

Comente!

Comentários - ( 5 )

Compartilhar

Postado às 01:55 horas

19
Abr

Vamos parar


Um pouco, uma fração de tempo, e pensarmos em Mossoró. Minha gente, as "candidaturas" da deputada Larissa Rosado e da prefeita afastada Cláudia Regina, colocam a cidade, seu povo, todos nós, numa roleta. E a cidade não pode depender da sorte. Juristas, advogados, estudantes de Direito, sabem que nenhuma das duas têm condições legais para serem candidatas.  Estão, ambas, penalizadas pela Lei do Ficha Limpa que é concisa e clara.O político julgado e condenado por um Colegiado, uma vez sequer que seja, torna-se inelegível por 8 anos. Meu Deus! Quer mais? Se conseguirem manter essas "candidaturas" e o eleitor mossoroense perder o bom senso e a responsabilidade  (no que não acredito) elegendo-se, não serão Diplomadas, nem tomarão posse. A possibilidade, para ser bem claro, é voce apostar na Mega Sena da Virada e ganhar sozinho. Vamos colocar Mossoró numa aposta dessas? Nunca vi tamanha irresponsabilidade com a minha cidade! Acho que as duas, principalmente a prefeita cassada, a quem respeito muito e tem meu bem querer, está carecendo de um tratamento médico especializado. Não consigo encontrar, pescar, no oceano de carinho e ternura que sinto por ela, uma outra explicação. A deputada Larissa, não precisa de diagnóstico, sua obsessão já foi detectada. Derrotada por tres vezes consecutivas, recusa-se a medicar-se .Fazer o que? Tornar a distancia-la da Prefeitura de Mossoró, que não é um sanatório. Ontem, no Santuário de Santa Clara, assistiu-se a dois espetáculos: da Paixão de Cristo, outro, uma comédia bufa protagonizada pela prefeita cassada e meia dúzia de ex assessores. Que ridículo!Não houve a menor repercussão, exceto olhares de censura e o silencio da reprovação. A deputada Larissa, acompanhada pelo seu "vice" e mais duas pessoas, marcou presença de forma discreta e respeitosa, registre-se, por Justiça. O prefeito, que chegou após o final do espetáculo, limitou-se a parabenizar o elenco. Ali não estava montado um palanque, é um Santuário, onde uma peça apresentava o sofrimento, a dor, a agonia do Cristo, dividida naquela hora por centenas de fiéis, em respeitoso e solidário silencio. 

Comente!

Comentários - ( 5 )

Compartilhar

Postado às 11:21 horas

18
Abr

A Paixão de Cristo


Que hoje, e a cada dia, menos gente sequer presta atenção ou, "modernamente", se liga. É que o humano vem sendo substituído pelo artifício, e nem mesmo os sentimentos, as emoções estão fora do seu alcance. O mundo virtual está mudando, em sentido geral, a noção do que é viver em perspectiva ampla. Hoje é o dia da Paixão do Cristo. Dia da Dor e do Amor, da Vida e da Morte e estamos aqui nos computadores...O que me impressiona, na Paixão do Cristo é a solidão de Jesus. Sempre me perguntei porque Ele não deu respostas eloquentes e convincentes a Pilatos? Feito um grande discurso? Podia ter posto em ridículo seus acusadores...Jesus não pronunciou uma palavra contra ninguém! Sua opção não era o triunfalismo, ficou claro. A Paixão do Cristo eleva-se além do limite frio da História, apresentando-se aos nossos olhos, terrível, aflita, cruel, sangrenta, sozinha...mas cheia de Amor. É, certamente, a obra mais maravilhosa de amor a Deus. Porque não existe nenhum livro tão eficaz para ensinar ao homem todo o genero da virtude, como a paixão do Cristo. Sua crucificação, simboliza - assim penso e creio - na crucificação do homem, do interesse pessoal, desses "valores" que só dizem respeito ao homem biológico. É tanto que Ele advertiu, pedindo: " não choreis por mim, mas por vós mesmas e por vossos filhos" Portanto, no dia de hoje, não choremos por Ele, mas por nós mesmos. Cristo não quer nossas lágrimas, sofreu na tentativa de nos fazer felizes, sorridentes. Uma vez perguntaram a Chico Xavier  qual seria o novo nome de Jesus se ele, em carne, voltasse a nós, e ele deu uma resposta simples: - "Alegria, se Jesus renascesse, seu nome seria Alegria". É isso aí...

Comente!

Comentários - ( 1 )

Compartilhar

Postado às 14:46 horas

18
Abr

Estão transformando


Nossa cidade em um enorme Fórum Jurídico. Nós, eleitores, em Mineirinhos. Que coisa, meu Deus!

Comente!

Comentários - ( 0 )

Compartilhar

Postado às 09:30 horas

17
Abr

CPI BOMBRIL


Paulo Afonso Linhares

Nos países de clima frio, quando as nevascas cobrem de branco campos e cidades, os moleques costumam fazer grandes batalhas com bolas de neve. Cá nestes sertões nossos fazíamos a mesma brincadeira, com as variações e adaptações devidas: na época das chuvas, quando havia, a meninada, depois de construir pequenos açudes nas enxurradas, montava também pequenos exércitos que se enfrentavam em renhidas batalhas de bolinhas de lama; eram tantos meninos enlameados, “vítimas” dessa autêntica e inocente “guerra suja”, que até dava gastura de ver. Bons tempos aqueles! Lama sim, mas, inocente e por que não dizer “pedagógica”, já que essas pugnas lúdicas até ensinavam, posto que inconscientemente, os sentidos das táticas e estratégias dos combates, dos enfrentamentos bélicos e políticos que pontilham a História da humanidade, desde os tempos imemoriais.

As guerras de lama hoje são outras: elas envolvem lideranças políticas, empresários, gestores públicos de vários calibres, tudo formatado por uma imprensa interesseira, aética e vinculada a grandes interesses econômicos. De fora, atônito e mal informado, o cidadão comum finda como joguete nas mãos inescrupulosas daqueles que tentam conquistar o seu voto, tanto para manter o poder quanto mesmo para adquiri-lo, sem medir limites e consequências num vale-tudo que torna a participação política tão imprescindível à construção de espaços públicos imantados pelas ideias republicanas, democráticas e que sobrelevam a cidadania, como algo no mínimo enfadonho, para não dizer, também, repudiável e suspeito.

As táticas dos grupos que controlam a cena política nacional, no governo ou na oposição, são bem singelas e por demais previsíveis: nesses primeiros movimentos das peças no tabuleiro político pré-eleitoral, fazem uma vigorosa guerra de lama e não é como aquela dos meninos interioranos de antanho, de inocentes bolinhas de lama; o lamaçal é bem mais denso e profundamente fétido, porquanto tem como matéria-prima as acusações de corrupção e outras práticas delitivas detrimentosas ao patrimônio público e ao bem-estar coletivo. O rio lamacento de acusações e ofensas mútuas, com direito a horas e horas de bate-bocas nas mais variadas mídias, sem falar nas sessões de ambas as casas do Congresso Nacional e de outros parlamentos estaduais e municipais, terminará desaguado na formação de mais uma comissão parlamentar de inquérito, as famosas CPIs, destinadas a fazer muito barulho por nada.

Neste período que antecede às convenções partidárias para escolha dos candidatos às eleições deste ano de 2014, sobretudo, aqueles que disputarão a presidência da República, os lamaçais de cada lado dos principais polos da arenga – o “povo” do PT e seus aliados, de um lado, e os caciques tucanos e respectivos aliados, do outro, agora, porém, com uma “terceira perna”, que é PSB de Eduardo Campos/Marina Silva – já estão à mostra. A oposição quer implodir ou explodir a candidatura de Dilma Rousseff com essa pandenga da compra da refinaria de petróleo de Pasadena (Califórnia, EUA) e tenta montar uma CPI para apurar como a estatal petrolífera teria arrumado tamanho mico; em contrapartida, os governistas desejam apurar, na mesma CPI, as relações perigosas dos tucanos paulistas nas compras de bens (trens, mais precisamente) e serviços para o Metrô de São Paulo, nos governos de Covas, Serra e Alckmin, além de supostos deslizes do “povo” do PSB de Eduardo Campos nas obras do Porto de Suape, em Pernambuco. Em decisão inicial do presidente do Senado Federal, depois de ouvida a Comissão de Constituição e Justiça da Casa, saiu uma CPI mista para apurar os lamaçais de ambos os lados, governista e oposicionista, como fica difícil até colocar um novo, à míngua de maiores opções humildemente propomos “CPI Bombril”. A referência à marca famosa de palha de aço é apenas para enfatizar esses casos de marcas de sucesso cujos nomes comerciais se transformaram em sinônimo de gênero de produtos. Além do bombril (palha de aço que teria “mil e uma utilidades”, segundo slogan massificado pelas mídias por décadas), isso também vale para chiclete (goma de mascar), gilete (lâmina de barbear), cândida (água sanitária), durex (fita adesiva), band-aid (curativo) e outros.

Explicada a escolha do nome, certo é que a CPI Bombril terá seu destino decido pelo Supremo Tribunal, pois governistas e oposicionistas propuseram ações para resolver o impasse político: respectivamente, CPI de múltiplos temas ou CPI exclusiva para a Petrobrás? As lideranças políticas de ambos os lados querem que o STF decida como será fabricada a lama que jogarão uns nos outros, movidos que estão apenas por espírito meramente eleitoreiro e que, ao fim e ao cabo, nada esclarecerá e ninguém será punido. Enfim, “judicializam” uma questão que é meramente política e que no âmbito do Congresso Nacional deveria ser decidida. Pobre povo destes trópicos sombrios.

Comente!

Comentários - ( 1 )

Compartilhar

Postado às 20:42 horas

17
Abr

Vereador solicita laudos dos estádios do RN


O vereador Genivan Vale (PROS) solicitou da Federação Norte-rio-grandense do Futebol (FNF) o encaminhamento dos laudos que autorizam o funcionamento e uso de todos os estádios e arena de futebol no Estado. A medida objetiva comparar os itens cobrados no estádio Professor Manoel Leonardo Nogueira, o Nogueirão, em relação aos demais estádios.

Segundo ele, estão sendo cobrados itens do Nogueirão que nenhum outro estádio do Rio Grande do Norte possui, como uma cabine para a Polícia Civil e o Juizado de Menores. “No laudo anterior, por exemplo, foi cobrado corrimãos nos vestuários dos times. Isso não tem fundamento”, diz, destacando que tudo isso reforça a tese de que há tratamento diferenciado para o estádio mossoroense por parte da Federação.

Pelas redes sociais, torcedores, também revoltados com a situação do Nogueirão, relatam dificuldades de outros estádios do RN, que mesmo assim continuam realizando jogos normalmente. Eles citam como exemplo o Estádio Frasqueirão, em Natal, que não possui acesso para a entrada de ambulância, e o Estádio Barretão, em Ceará-Mirim, que está com as obras inacabadas.

Genivan enfatiza que é justamente esse o intuito de cobrar os laudos dos demais estádios. “Não estamos defendendo que não haja segurança nos estádios, muito pelo contrário. Os estádios precisam oferecer segurança aos torcedores. O que não podemos admitir é a falta de isonomia e as cobranças exageradas ao Nogueirão que prejudicam os times mossoroenses”, frisa.

Comente!

Comentários - ( 1 )

Compartilhar

Postado às 20:41 horas

17
Abr

Vamos todos


Às ruas lutar, combater os sanguessugas. Já os derrotamos várias vezes e, desta vez, não será diferente. Mossoró unida, coesa, irmanada, contra seu verdadeiro , insistente  e implacavel adversário: O tal de "sandrismo". Esse é o foco, essa a razão maior que deve mover, impulsionar a todos. Avante, sim, Mossoró, às mais avançadas trincheiras. A hora é de união, repito, contra o mal maior. Vamos às ruas dizer não aos sanguessugas, que não os queremos, nunca os quisemos. Vamos todos, às ruas.  

Comente!

Comentários - ( 0 )

Compartilhar

Postado às 17:10 horas

17
Abr

A hora é


De deixar-se de lado questões pessoais, questiunculas políticas, esquecer mal  entendidos ( ou não ) e nos juntarmos todos em defesa de Mossoró contra os sanguessugas que, desta feita, não tentam somente nos sugar. Estão tentando nos estrupar, estrupar  Mossoró.

Comente!

Comentários - ( 0 )

Compartilhar

Postado às 17:00 horas

17
Abr

Nossa Clínica


Se você procura a prática do pilates seja em sua forma de reabilitação (terapêutica), ou aeróbica, com a certeza de que os músculos devem ser fortes e flexíveis para se manterem bonitos e saudáveis, esse é mais um serviço oferecido pela Nossa Clínica, salientando sempre o alto padrão de qualidade das atividades desempenhadas contando com profissionais especialistas e aparelhos de última geração, em tempo de copa do mundo a Nossa Clínica se enquadra perfeitamente no padrão FIFA de qualidade.

Comente!

Comentários - ( 0 )

Compartilhar

Postado às 10:01 horas

16
Abr

Rosalba manda recado certeiro ao 'sandrismo'


A judicialização do processo eleitoral suplementar de Mossoró, com a Justiça Eleitoral pedindo a impugnação das candidaturas de Cláudia Regina (DEM) e Larissa Rosado (PSB), a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) deixou seu recado em recente passagem por Mossoró. Em agenda realizada no bairro Santo Antônio, a governadora teria dito: "não vamos deixar, sob nenhuma hipótese, que sanguessuga chegue à Prefeitura de Mossoró." A frase de Rosalba Ciarlini tem destino certo: a deputada estadual Larissa Rosado, filha da deputada federal Sandra Rosado (PSB) e do ex-deputado federal Laíre Rosado (PSB). Ele foi acusado de integrar esquema relacionada à "Máfia do Sanguessuga", que ficou conhecida em todo o Brasil por práticas danosas á saúde pública, como desvio de emendas parlamentares destinadas à compra de ambulâncias. Além disso, a declaração da governadora Rosalba Ciarlini atinge também o candidato a vice-prefeito de Larissa, o presidente interino da Câmara Municipal, Alex Moacur (PMDB). Ele também foi acusado de integrar a quadrilha. Pela declaração que teria sido dada pela governadora no bairro Santo Antônio, e com a judicialização do processo eleitoral, Rosalba estaria com pré-disposição a apoiar, mais na frente, a postulação do prefeito em exercício Francisco José Júnior (PSD).

Comente!

Comentários - ( 3 )

Compartilhar

Postado às 14:32 horas

15
Abr

Do blog do Carlos Skarlack


Está proibido todo e qualquer ato de campanha da prefeita cassada e afastada Cláudia Regina

Juiz Herval Sampaio explica a equipe de fiscalização que campanha de Cláudia está proibida
O juiz eleitoral, Herval Sampaio Júnior, titular da 33ª Zona Eleitoral, acaba de orientar a equipe de fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), de Mossoró, sobre o procedimento de fiscalização externa.

Os fiscais foram orientados a verificar se existe alguma propaganda de campanha de Cláudia Regina.

Está tudo proíbido.

De comício a caminhada; de carreata a circulação de carro de som.

Comente!

Comentários - ( 2 )

Compartilhar

Postado às 17:28 horas

15
Abr

Um alerta


Ouça-o quem quiser. O povo de Mossoró não vai endossar essa brincadeira que estão fazendo com a cidade. Essa irresponsável brincadeira, senhores e senhoras, vai ter troco cunhado na moeda da seriedade que nos caracteriza, nós, povo mossoroense. O que a deputada Larissa Rosado está fazendo e o que Cláudia Regina fez até hoje,( e pode, através de Liminar, sei lá, continuar) é uma molecagem sem precedentes na História, respeitada e respeitável, de Mossoró, de nosso povo, de nossa gente. Vou repetir para que dúvidas não pairem: é uma molecagem! Não são candidatas porra nenhuma, são as cabeças de subterfúgios sinistros elaborados nos porões,( mais precisamente na sarjeta deles), com o intuito nocivo, maléfico, de tornar permanente a instabilidade que provocaram. E esse troco já começa a ser dado nas primeiras movimentações, nos primeiros eventos, desta Eleição Suplementar. É só observar...

Comente!

Comentários - ( 1 )

Compartilhar

Postado às 16:42 horas

15
Abr

Fui "crucificado"


Por boa parte da militancia da prefeita cassada Cláudia Regina, quando afirmei que não havia mais porque lutar e que a hora era de se devolver à Mossoró a estabilidade perdida. "Crucificaram" a mim, que por ela lutei até os últimos estertores. Enquanto houve luta à lutar. Agora a Justiça Eleitoral - como esperado -  afasta da campanha a prefeita cassada. Não sou ave de rapina. Isso não me provoca alegria, nem apetite. Mas eu sou um homem e um jornalista de fatos consumados. A candidatura de Cláudia Regina - agora suprimida - representava como ainda representa a da deputada Larissa Rosado, ameaças a estabilidade da cidade, a sua tranquilidade, ao sem bem estar social. Esse é o fato consumado e essa a sua verdade mais cristalina.  

Comente!

Comentários - ( 0 )

Compartilhar

Postado às 16:25 horas

15
Abr

Fafá, a força de uma grande liderança


Ex-prefeita reúne multidão em apoio à candidatura do prefeito Francisco José Júnior

Quando Fafá Rosado entrou na disputa pela Prefeitura de Mossoró na eleição municipal de 2000, não faltou quem a chamasse de “louca”. Naquele ano, Fafá iria às ruas medir forças com o então mito da política de Mossoró, época prefeita Rosalba Ciarlini.

Fafá topou o desafio e, naquela eleição, projetou o seu futuro, abrindo a perspectiva para o surgimento de uma nova força política na família Rosado. Abertas às urnas, Fafá obteve mais de 42 mil votos, perdendo para Rosalba por um percentual em torno de 12% dos votos válidos.

A vitória de Rosalba era mesmo esperada, mas a “lavagem” alardeada nos quatro cantos da cidade por sua militância, não se concretizou. Então, o líder maior do rosalbismo, Carlos Augusto Rosado, tratou logo de se unir a Fafá, lançando-a a prefeita pelo DEM, em 2004.

Aí, sim. Com palanque, a vitória do rosalbismo foi uma barbada. Quatro anos mais tarde, Fafá foi reeleita, em 2008, sem sobressaltos nas urnas.

Após eleger o seu sucessor em 2012, no caso a sua sucessora, Cláudia Regina, Fafá Rosado decidiu, com o seu grupo político, alçar voos próprios. O primeiro passo, deixar o DEM. Para os rosalbistas fanáticos, seria um “tiro do pé” da ex-prefeita, voltar para o PMDB.

Agora, com a campanha eleitoral suplementar nas ruas, Fafá mostra força política no apoio ao prefeito Francisco José Júnior. Segunda-feira (14), Fafá reuniu uma multidão na sua casa, como parte da mobilização de campanha do prefeito. Faltou chão, sobrou gente.

Diferente das adversárias. A candidata Larissa Rosado ainda fez uma pequena mobilização, no Alto de São Manoel. Cláudia Regina, apoiada por Rosalba, sequer saiu de casa.

Assim, o pleito suplementar vai revelando a força política de Fafá e a consolidação de uma nova liderança política. É fato.

Do blog do Gutemberg Moura

Comente!

Comentários - ( 2 )

Compartilhar

Postado às 16:14 horas

15
Abr

Herval impugna Cláudia e termina saída de concorrente do DEM da campanha


Magistrado alega ausência de elegibilidade, diante da perda dos direitos políticos da democrata

Aconteceu o que todos já esperaram. A ex-prefeita Cláudia Regina, do DEM, está fora da campanha eleitoral suplementar de Mossoró. O juiz eleitoral Herval Sampaio impugnou a candidatura da democrata, que não poderá fazer campanha política.

A situação jurídica de Cláudia que já era péssima, agravou-se ainda mais. Agora, a democrata correrá atrás de uma liminar no TER, em natal, para voltar à campanha.

Do blog do Gutemberg Moura

Comente!

Comentários - ( 1 )

Compartilhar

Postado às 16:13 horas

« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 »

© 2010. Blog do Thurbay - Todos os direitos reservados.

7Bis Web Comunicação